segunda-feira, junho 19, 2006

Vendas de residenciais em alta

O Índice de Velocidade de Vendas (IVV) dos imóveis de Fortaleza e Região Metropolitana em abril de 2006 foi de 4,55%, registrando pequena queda de 0,52 ponto percentual na comparação com março passado (5,07%). Com relação a abril de 2005, a redução foi de 2,02%. Os dados fazem parte de levantamento realizado pelo Instituto Euvaldo Lodi, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (IEL/Fiec).

O volume total de imóveis residenciais ofertados cresceu 1,29% em abril de 2006 com relação ao mês anterior. Segundo o levantamento, a comercialização de imóveis com três quartos influenciou este desempenho, registrando IVV em abril de 2006 de 4,81%. Das 1.497 unidades ofertadas no período, 72 foram comercializadas. O IVV é calculado de acordo com o número de imóveis comercializados sobre o total colocado à venda.

Ainda com relação à oferta de imóveis residenciais, a pesquisa aponta que o primeiro quadrimestre do ano registrou o melhor desempenho na comparação com o mesmo período de 2005 e de 2004. Já com relação a abril de 2005, houve crescimento de 10,22% nas ofertas. "Pode ser que esse ritmo diminua um pouco, mas com a chegada das férias e dos turistas, deve ser retomado. Acredito que em agosto já teremos nova melhora nos indicadores. O desempenho geral do ano deve ser bom para o setor, principalmente pela retomada dos financiamentos imobiliários", avalia Carlos Fujita, presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon-CE).

Com relação ao volume total de vendas de imóveis residenciais na Região Metropolitana de Fortaleza em abril de 2006 a redução foi de 25% comparando-se com o mês anterior. Na comparação com abril de 2005, a queda foi de 32,69%. Os imóveis mais comercializados em abril foram os que possuem área útil entre 101 m2 e 140 m2 e os que mais influenciaram para a queda nos indicadores de vendas foram os com quatro quartos ou mais.

Na distribuição por bairros, Aldeota e Cidade dos Funcionários destacam-se tanto em volume de ofertas quanto de imóveis comercializados em abril e março de 2006. Em número de quartos, a oferta de imóveis com três quartos, cresceu 3,24% na comparação com o mês anterior. Já nas vendas foi registrada queda neste tipo de imóvel de 24,21% no mesmo período.

Fonte: O Povo On-line

0 Comments:

Este site apoia e é apoiado por Piadas